Marketing Promo Digital

English EN Portuguese PT Spanish ES

Brasil Social Media

As redes sociais mais usadas no Brasil

Há algum tempo os principais canais de comunicação entre a empresa e o cliente, deixaram de ser o telefone, site ou e-mail. O avanço tecnológico e a ascensão das redes sociais além de modificarem o cotidiano das pessoas, aproximaram as marcas dos compradores, e se transformaram numa verdadeira vitrine virtual. 

Nos últimos dois anos, a socialização das redes permitiu espaço para que os empresários oferecessem informações sobre seus produtos e serviços modificando os hábitos de consumo e consequentemente, a maneira como o varejo passou a se relacionar com o cliente.

Mais de 80% dos varejistas começaram a utilizar Facebook, Instagram e WhatsApp, para suas vendas, segundo pesquisa do IDC (International Data Corporation – consultoria em inteligência de mercado de tecnologias e consumo).

Pela praticidade e alcance, as redes sociais se tornaram a porta de entrada para muitos negócios no meio digital e atentas a isso, essas plataformas se adaptaram para oferecer aos empresários mais ferramentas de vendas, insights e a possibilidade de anunciar visando aumentar o seu público. 

Por outro lado, as empresas precisam ficar atentas para que suas publicações não tenham apenas a preocupação em anunciar preços, promoções e forçar o público a comprar. É preciso criar conexões, personificar a marca e usar uma comunicação mais adequada, investindo no marketing de conteúdo para identificar quais estratégias devem ser adotadas em cada perfil de negócio buscando a interatividade para fidelizar clientes. 

Principais redes sociais usadas pelas empresas 

São várias opções com vídeo, posts escritos, imagens, cliques rápidos e várias outras formas de impactar e chamar a atenção de sua audiência para a sua marca e o que ela pode fazer pelos clientes. Em algumas redes sociais como o FACEBOOK, por exemplo, é possível criar anúncios e segmentá-los de uma maneira fantástica, levando em consideração a idade, gênero, localização e até os interesses das personas. Em geral, o valor é baixo e o retorno normalmente é bom. 

Ainda sobre o Facebook, apesar do uso ter diminuído, essa é a rede social onde encontramos os dados das pessoas e grupos para realizar campanhas de forma segmentada e personalizada. 

O INSTAGRAM, que está integrado ao Facebook, é a rede social com maior retenção, ou seja, aquela mídia em que as pessoas ficam mais tempo. Ainda é o local das grandes oportunidades de negócios principalmente porque vem apresentando novas funcionalidades para divulgação de produtos e serviços, como o Reels, recurso que permite editar vídeos curtos e divertidos.

E os vídeos tem sido uma maneira de atrair ainda mais seguidores. O TIK TOK  é uma rede social que vem batendo recordes em todo o mundo e foi o app mais baixado  no 1º trimestre de 2022 nas lojas da Apple e da Google, com  mais de 175 milhões de downloads.

A plataforma de vídeos já superou o Instagram nos Estados Unidos e vem chamando a atenção do público e principalmente das empresas.

No ano passado, a Monange fabricante de cosméticos,  aproveitou a campanha do Outubro Rosa e compartilhou histórias de superação, criando o “TikTOQUE”, termo usado para conscientizar, incentivar e desmistificar o exame de toque, um dos mais simples e importantes para diagnosticar o câncer de mama precocemente. Boa ideia para agregar valor ao reconhecimento da marca, não é ? 

Outro exemplo: o The Washington Post, jornal americano sério e tradicional, surpreendeu ao ser uma das primeiras marcas a entrar no Tik Tok. Os vídeos apostam na informalidade e no humor para mostrar os bastidores da redação

O LINKEDIN é outra ferramenta estratégica para divulgar conteúdos e consolidar sua reputação entre clientes, parceiros, fornecedores e público em geral. Para se ter sucesso nessa rede, as corporações não podem se preocupar apenas com o perfil profissional, sendo necessário explorar os recursos disponíveis, publicar conteúdos relevantes  e, principalmente, interagir com a sua rede.

As empresas também vêm investindo no TWITTER focando no relacionamento  com o público alvo, transformando-os em seguidores fiéis, em vez de apenas clientes. O compartilhamento dinâmico  pede textos curtos, por isso é necessária criatividade. 

A Coca-Cola é conhecida como exemplo de empresa que sabe se relacionar bem com seus clientes no Twitter. Com uma grande estrutura, a marca investe pesado em sua equipe de social media, para atender aos seus mais de 350 mil seguidores – além de mais milhares de consumidores que interagem com a marca para sugestões, reclamações, elogios e menções.

Quem está nas redes decide, quem seguir, que marca acompanhar e que conteúdo quer ver

A sua empresa deve estar presente no mundo digital seja nas redes sociais ou nos formatos tradicionais, usufruindo de todas as formas necessárias para interagir e conquistar clientes, criando principalmente conteúdo relevante e atrativo. 

Isso porque, num ambiente cada vez mais dinâmico como a internet, é necessário prestar atenção às preferências e tendências, sabendo que algo novo pode surgir amanhã. 

Apesar de que não há dúvidas de que o futuro das empresas e das redes sociais está entrelaçado! 

#redessociais #midiassociais #empresas #marcas #digital #ecommerce #negocios #cliente #internet #comprasinternet #marketingdigital  

Referencias: | poder360.com.br/tecnologia/ | cnnbrasil.com.br/tudo-sobre/redes-sociais/ | itsrio.org/ | uol.com.br/tilt/redes-sociais/ | tecmundo.com.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisando de ajuda?